Objetivos do curso

O objectivo geral do curso é dotar os formandos da capacidade de ser capaz de reconhecer as necessidades logísticas numa vertente operacional, ou seja, gerir operacionalmente armazéns, distribuição de mercadorias (logística dos transportes) e adaptação dos contratos logísticos (transportes, reciclagem, manutenção, etc.) à sua realidade.

Destinatários

Chefias gerais ou intermédias de armazém, responsáveis de departamento logístico de empresas, encarregados de armazém, responsáveis por empresas de armazenagem e / ou transportes, outros profissionais que possam estar dependentes da logística (ainda que externamente) para o exercício das suas funções.

Pré-Requisitos

Para a frequência desta formação não são exigidos pré-requisitos especiais.

Não obstante, algum contacto anterior com a realidade empresarial, ou experiência profissional no ramo, poderá ser um factor facilitador da abordagem do tema.

Perfil Dos Formadores

Como é norma nos cursos do INEPI, os formadores conjugam uma relevante formação académica com uma experiência profissional prática e efectiva, sendo profissionais da área, com um conhecimento muito directo e prático das necessidades profissionais com que os formandos se confrontarão no mercado de trabalho.

Estruturação Pedagógica

O curso tem uma estrutura linear, sendo ministrado de forma contínua e sequencial.

Perfil de Competência

No final da formação o formando:

•    conhecerá todas as responsabilidades de um gestor operacional de logística
•    Identificará, através de exercícios práticos, todas as necessidades de armazenagem.
•    Saberá desenhar um planeamento logístico e implementá-lo
•    Caracterizará todas as regras de segurança de um armazém, de acordo com a legislação em vigor.
•    Executará rotas possíveis de distribuição de mercadorias, recorrendo aos diversos meios de transporte, consoante a sua disponibilidade e eficácia.
•    Efectuará rácios de gestão de transportes, através de exercícios de aplicação concretos.
•    Caracterizará todos os modelos de custeio de armazenagem existentes.
•    Executará um controlo de facturação, de forma eficaz, recorrendo aos instrumentos necessários.

Saídas Profissionais

No final do curso, os formandos poderão ingressar em departamentos de logística de qualquer tipo de empresas, tanto ao nível da gestão de armazéns, como ao nível do planeamento e controlo do transporte das mercadorias.

Os formandos estarão igualmente aptos a assegurar toda a vertente logística de pequenas empresas.

Este curso pode ser igualmente uma importante ferramenta para profissionbais que, não tendo que assegurar a gestão logística, necessitem de conhecer todo o circuito logístico, para efeitos de planeamento e controlo de gestão.

Certificações

No final do curso o formando terá direito a um certificado de formação profissional, nos termos da legislação em vigor.

O curso não confere grau académico.

Metodologia Pedagógica

O curso adopta tanto uma metodologia expositiva, como uma metodologia prática, com o recurso à realização de trabalhos práticos e casos de estudo.

Meios e Recursos Didáticos

O curso decorrerá em sala, com recurso a suportes audiovisuais.

Os materiais consumíveis, quando necessários, são da responsabilidade dos formandos.

Por norma, qualquer documentação fornecida pelo INEPI, para apoio à formação, é disponibilizada em formato digital. Se o formando a pretender na forma impressa (em papel), o custo desse serviço ser-lhe-á debitado.

Critérios de Avaliação

As acções de curta duração do INEPI não têm, no geral, uma avaliação excessivamente formal, sendo dada mais relevância à participação e assiduidade.

A escala de avaliação utilizada é de 0 a 20.

Condições do Curso

A duração do curso é de 24 horas.

As condições quanto a horários disponíveis, preços e condições de pagamento são as que, à data, constarem da tabela de condições dos cursos, do INEPI. Esta informação é fornecida directamente pela Secretaria.

As condições contratuais são as constantes no Regulamento Interno do INEPI (disponível na Secretaria do INEPI e no site www.inepi.pt).

Versão do Referencial: V.2